“Eu te constituí como luz das nações para levares a salvação até os confins da terra” (At 13,47)
“Eu te constituí como luz das nações para levares a salvação até os confins da terra” (At 13,47)

Dom Paulo de Tarso Campos - Administrador Apostólico

Após sua instalação, a Diocese de Piracicaba foi dirigida pelo bispo de Campinas, Dom Paulo de Tarso Campos, como Administrador Apostólico, até 8 de setembro de 1945, quando tomou posse o primeiro bispo diocesano, Dom Ernesto de Paula.

Dom Paulo nasceu em Jaú (SP), em 24 de agosto de 1895, filho de José Vicente de Campos e Ana Guilhermina Mendonça de Campos. Foi ordenado sacerdote no dia 15 de agosto de 1920, em São Paulo. Após exercer o magistério no Seminário Provincial de São Paulo, seguiu para a Bélgica onde se especializou em Ciências Sociais. Retornando ao Brasil, foi pároco da Paróquia Santa Cecília, em São Paulo.

Eleito bispo de Santos em 1º de junho de 1935, sua ordenação episcopal ocorreu em 14 de julho, em São Paulo. Seu lema episcopal era “Omnia in Christo” (Tudo em Cristo).

Em 17 de dezembro de 1941, foi nomeado o terceiro Bispo de Campinas, tomando posse no dia 1º de março do ano seguinte. Durante seu governo pastoral foi criada a Diocese de Piracicaba, que ele dirigiu como Administrador Apostólico.

A Diocese de Campinas foi elevada a arquidiocese e sede metropolitana em 19 de abril de 1958, pelo Papa Pio XII. Com a criação da Arquidiocese e Província Eclesiástica de Campinas, Dom Paulo tornou-se primeiro Arcebispo Metropolitano.

Em 19 de setembro de 1968, o Papa Paulo VI aceitou seu pedido de renúncia por motivos de saúde. Faleceu em 2 de março de 1970, sendo sepultado na cripta da Catedral de Campinas.

Horário de Funcionamento

Cúria Diocesana

Segunda a Sexta das 8h às 11h30 e das 13h às 17h.

Assessoria de Comunicação

Segunda a Sexta das 13h30 às 17h30 Diocese de Piracicaba

Diocese de Piracicaba

Av. Independência, 1146 – Bairro Higienópolis - Cep: 13.419-155 – Piracicaba-SP - Fone: 19 2106-7575
Desenvolvido por index soluções