“Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura” Mc 16,15

Reflexão litúrgico-pastoral para o 10º Domingo do Tempo Comum

“Quem é minha mãe? Quem são meus irmãos?” – 10 de junho de 2018

 

Escribas e irmãos de Jesus se opõem ao seu projeto de Reino de Jesus, o novo Éden. O evangelho do 10º Domingo Comum (Mc 3, 20-35) mostra Jesus na sua casa, a física e a dos pobres, por quem ele tinha grande consideração. Seus familiares, sabendo de suas ações, tentaram impedi-lo, condenando-o de louco. Antes que chegassem seus irmãos, os escribas já dão a sentença: “ele está possuído por Belzebu, bem como realiza tudo em parceria com Satanás” (v.22).

Jesus se defende dizendo que as suas ações não podem ser feitas em parceria com quem já é seu inimigo, Satanás. Fazendo jogo com o substantivo Satanás, aquele que divide, assim como a serpente da primeira leitura, tira do livro dos Gênesis (3, 9-15), Jesus demonstra que um reino e uma casa divididos não podem subsistir. Assim como no paraíso, Deus condena a serpente, Jesus condena os escribas de blasfemadores do Espírito Santo, seu real parceiro na missão, e decreta que eles não terão perdão por tal atitude.

Quando, Maria e os irmãos de Jesus chegam para se encontrarem com Ele, Jesus afirma: “Quem é minha mãe? Quem são meus irmãos? Quem faz a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”. É a união em torno da prática da vontade de Deus que cria os novos laços familiares no Reino. Viver o amor, o serviço, a partilha, a misericórdia, solidariamente com os mais necessitados, é inserir-se na família de Jesus, quer seja por laços de sangue, quer não, certo da comunhão de vida eterna com Jesus.

Onde estamos

Av. Independência, 1146 – Bairro Higienópolis
Cep: 13.419-155 – Piracicaba-SP
Fone: 19 2106-7575
Falar Conosco

Horários de Funcionamento

Cúria Diocesana

Segunda à Sexta das 08h às 11:30 e das 13h às 17h.

Assessoria de Comunicação

Segunda à Sexta das 13:30 às 17:30

Diocese de Piracicaba