“Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura” Mc 16,15

C.B. Justiça e Paz

A CBJP – Comissão Brasileira de Justiça e Paz é um organismo vinculado à CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.  Inicialmente chamava-se Comissão Pontifícia Justiça e Paz - Seção Brasileira; adotou a atual denominação em 1977. A concepção, propósitos e diretrizes de ação da CBJP se inspiram nos documentos conciliares e pontifícios, bem como nos documentos e diretrizes do Pontifício Conselho Justiça e Paz e da CNBB.

É uma sociedade civil, sem fins lucrativos, de caráter filantrópico, apartidária e constitui-se num centro nacional de estudos e ação, tendo como referência sua Carta de Princípios. Tem como missão a defesa e a promoção da pessoa humana, a prática da justiça e a edificação da paz, atuando também judicialmente na proteção da pessoa humana e de seus direitos.

A CBJP nasceu, no Brasil, como uma extensão da Comissão criada em Roma após o Concílio Vaticano II. Na Constituição Pastoral “Gaudium et spes”, o Concílio indicou que julgava "muito oportuna a criação de um organismo da Igreja universal, com o fim de despertar a comunidade dos católicos para que promovam o progresso das regiões indigentes e a justiça social entre as nações." Pouco mais de um ano depois (janeiro de 1967), Paulo VI criou a "Comissão Pontifícia Justiça e Paz", com representantes de todos os continentes, na mesma mensagem em que criava o "Conselho dos Leigos". E estabeleceu como função da Comissão Justiça e Paz o "estudo dos grandes problemas da justiça social, com vistas ao desenvolvimento das nações jovens e especialmente quanto à fome e à paz no mundo" - temas retomados pelo mesmo papa, dois meses depois (março de 1967), na encíclica “Populorum Progressio”.

Em sua primeira reunião, essa comissão pontifícia sugeriu que as Conferências Episcopais nacionais criassem estruturas similares. No Brasil, em outubro de 1968, os bispos decidiram criar uma Comissão Brasileira Justiça e Paz. Na reunião de instalação da comissão, em outubro de 69, foi proposto que a Comissão teria como objetivo tornar concretos os princípios enunciados na encíclica “Populorum Progressio". Mas as atividades se iniciaram de fato em abril de 71, com o 1º Seminário Brasileiro de Justiça e Paz.

Para saber mais sobre este importante organismo da Igreja, acesse o seu “site”: www.cbjp.org.br

Onde estamos

Av. Independência, 1146 – Bairro Higienópolis
Cep: 13.419-155 – Piracicaba-SP
Fone: 19 2106-7575
Falar Conosco

Horários de Funcionamento

Cúria Diocesana

Segunda à Sexta das 08h às 11:30 e das 13h às 17h.

Assessoria de Comunicação

Segunda à Sexta das 13:30 às 17:30

Diocese de Piracicaba